Buscar
  • Nina Russo

Anemia gestacional


Vou começar meu texto usando a frase que eu mais uso " gravidez não é doença, mas é uma saúde complicada", sem dúvidas é a frase que mais uso, e que a que mais se enquadra no quesito gravidez.


Gerar uma vida é algo realmente mágico, mas tem muita coisa ai no caminho, entre elas doencinhas emocionais e também físicas.


Ao longo da gestação, eu passei longe de umas e vivi outras, a que quero dividir hoje com vocês é a anemia.


Estou no sétimo mês e estou sim com essa doencinha chata, se fosse pelos sintomas eu não iria perceber muita coisa, iria achar que "era coisa de gravida", é necessário um exame de sangue para saber se você está ou não com a doença, nem gosto muito de chamar de doença, mas enfim, ela é.


Sendo clara, a anemia é a falta de ferro, que é a molécula básica da hemoglobina, que transporta oxigênio pelo sangue.


Em qualquer pessoa, ter anemia é algo preocupante, em gravidas então, é mais ainda, isso porque o feto tem uma demanda muito grande de oxigênio para se desenvolver, e as mamães acabam acabam ficando carentes dessa substância.


- VAMOS AOS SINTOMAS


Varia de acordo com a intensidade da doença, uma anemia leve pode trazer apenas um cansaço, em anemias médias e graves, pode trazer, sono, falta de ar, fádiga, apatia, e mucosas descoradas ( parte interna dos olhos e gengivas).


No meu caso, tive quase todos os sintomas, a única coisa que eu não tinha era as mucosas descordas, no meu caso a minha mão estava descorada, bem branca quando fui examinada, eu dormia, dormia e continuava cansada, comecei a ser falta de ir só de pegar minha cachorrinha no colo, fádiga virou meu nome do meio, só queria ficar jogava na cama, tinha "preguiça" até de tomar banho.


- COMO DESCOBRIR A DOENÇA


Simples, exame de sangue, a minha médica é extremamente competente e sempre pede exame de tudo, estando ou não gravida, por isso confio tanto nela, já ouvi inúmeras histórias de gravidas que trocaram a obstetra no meio da gestação, eu estou com a minha médica a DEZ anos, e além de ter meu histórico médico, ela sempre pede exame de tudo, isso é OTIMO, mas caso o seu medico não peça, fale você com ele.


- TRATAMENTO E PREVENÇÃO


Sempre me alimentei bem. inclusive na gestação, mas como vocês podem ver somente uma boa alimentação não é suficiente, então é o combo, boa alimentação e suplementação, em casos extremos ainda há a possibilidade de uma medicação intravenosa,


No caso da alimentação continuei me alimentando bem, mas acrescentei algumas coisas, como verduras de cor escura, carne vermelha magra, frutos do mar, lentilha, feijão e beterraba.


- PERIGO PARA A MÃE E PARA O BEBÊ


Além dos sintomas que citei , o fato de ter anemia pode ser muito grave, atrapalhando o desenvolvimento do bebê e até fazendo com que haja um parto prematuro.


Anemia é coisa séria, e nesse período temos que nos cuidar, se você começar a sentir sono demais, cansaço, preguiça, busque ajuda médica, porque pode ser muita coisa, inclusive anemia, fique ligada !!

4 visualizações

RECEBA AS NOVIDADES

  • Black Instagram Icon

© 2019 por nina russo